Capture d’un des trafiquants les plus recherchés du Brésil
11 décembre 2017
Instituto do Mundo Lusófono foi lançado em Paris
13 décembre 2017

Foram entregues as bolsas de estudo Cap Magellan – Império de 2017 no Consulado Geral de Portugal em Paris

Bourses d’études 2017 - Cap Magellan – Império

Como todos os anos desde 2014, 12 jovens estudantes lusófonos foram premiados com as bolsas de estudo Cap Magellan – Império. Tratam-se de 12 bolsas de 1.600 euros cada, oferecidas pela Império Assurances, num evento que já vai na 4ª edição, sendo organizado pela Cap Magellan.

A cerimónia de entrega das bolsas ocorreu no ultimo Sábado, dia 9 de Dezembro no Consulado Geral de Portugal em Paris, pelas 11h. O evento contou com a presença dos 12 vencedores acampanhados dos seus familiares e amigos. No final, Tatane, jovem humorista e youtuber, e seu colega Bruno Pereira, estiveram presentes para apresentar o seu projecto, antes de um cocktail de convívio.

As candidaturas às bolsas de estudo destinavam-se aos jovens lusodescendentes ou aos jovens lusófilos que estudam português, tendo em conta um equilíbrio entre o mérito no percurso escolar e a situação social de cada candidato, e que cumpriram todas as condições do regulamento, entre as quais ter concluído o ensino secundário com “mention” Bom ou Muito Bom no “Bac”.

Assim, com base nos critérios do regulamento, e após reunião do júri, foi na presença do Cônsul-Geral de Portugal em Paris, António Moniz, do Director Comercial da Império Assurances, João Romão, da cordenadora do ensino português, Adelaide Cristóvão e da delegada geral da Cap Magellan, Luciana Gouveia, que os doze vencedores receberam a bolsa de estudo. Para além de um representante da Império Assurances, da Cap Magellan e da coordenadora do ensino português em França, o júri integrou ainda a inspectora-geral da língua portuguesa em França, Anne-Dominique Valières, que por impossibilidade de agenda, não pode estar presente.

Os premiados deste ano foram:

David Almeida Silva (Saint-Germain-en-Laye, 78): 18 anos, estudou no Lycée International de Saint-Germain-en-Laye, terminando com uma “mention” Bom no “Bac” ES. Está actualmente na Filière binationale France Portugal da escola Sciences Po Bordeaux.

Noemi Camasses-Fujii (Saint-Germain-en-Laye, 78): 18 anos e fez o seu percurso escolar no Lycée International de Saint-Germain-en-Laye, terminando com uma “mention” Muito Bom no “Bac” ES. Está actualmente na Filière binationale France Portugal da escola Sciences Po Bordeaux.

Clara Coelho (Grenoble, 38): de 18 anos, com uma “mention” Muito Bom no Baccalauréat ES obtido na Cité Scolaire Internationale Europole de Grenoble. Está actualmente na Filière binationale France Portugal da escola Sciences Po Bordeaux.

Elisa dos Santos (Levallois-Perret, 92) :19 anos, concluiu o ensino secundário no Lycée Léonard de Vinci de Levallois-Perret com “mention” Bom no “Baccalauréat” ES. Prossegue os estudos universitários em Turismo no Institut Supérieur Clorivière em Paris.

Eva Elias (Amiens, 80): 18 anos, obteve “mention” Muito Bom no “Baccalauréat” S no Lycée La Hotoie de Amiens. Actualmente, é estudante em medicina na Université de Picardie – Jules Verne.

Cynthia Furtado (Paris, 75): 18 anos, estudou no Lycée Carnot onde obteve uma “mention” Muito Bom no “Bac” S. Estuda agora ciências da saúde na Université Paris Descartes.

Aurélien Lemaitre (Rennes, 35) : jovem francês de 17 anos, caiu no charme da cultura portuguesa. Passou o Baccalauréat S no Lycée Chateaubriand de Rennes com “mention” Muito Bom onde está actualmente a tirar uma “prépa”.

Diana Moreira Neiva (Strasbourg, 67): 20 anos, obteve o “Bac” ES com “mention” Bom no Lycée International des Pontonniers de Estrasbourgo. É estudante de psicologia na Université de Strasbourg.

Denis Pascoal (La Ferté-sous-Jouarre, 77) : 18 anos, estudou na Institut Sainte Céline em La Ferté-sous-Jouarre onde conseguiu a “mention” Muito Bom na prova do “Bac” S. Está a seguir medicina na Université Pierre-et-Marie-Curie em Paris.

André Pinto Nunes (Meaux, 77) : tem 19 anos, terminou o ensino secundário no Lycée Henri Moissan obtendo o “Bac” S com “mention” Muito Bom. Está actualmente a tirar uma licenciatura em Sciences, Technologie et Santé, na Université Pierre-et-Marie-Curie em Paris.

Rodrigo Ribeiro (Paris, 75): 18 anos, frequentou o Lycée Honoré de Balzac de Paris onde obteve o “Baccalauréat” ES com “mention” Muito Bom. Estuda economia na Université Paris 1 Panthéon-Sorbonne.

Adriana Salvador Morais (Perpignan, 66): 18 anos, estudou no Lycée François Arago onde obteve o Baccalauréat S com “mention” Bom. Está actualmente no primeiro ano de “prépa” no mesmo liceu.

Esperamos que, no ano que vem, este evento se repita com o mesmo sucesso.

Cap Magellan

 

Bourses d’études 2017 – Cap Magellan – Império