Angola : João Lourenço donne six mois aux fraudeurs pour rapatrier leur argent
22 février 2018
Inscrições abertas para as Secções Internacionais Portuguesas
23 février 2018

Os vencedores do Concourso Dá Voz à Letra

No sábado 3 de Fevereiro decorreu a final do concurso “Dá Voz à Letra” organizado pela Fundação Calouste Gulbenkian em Paris. Este é um concurso que já vai na sua 4ª edição. As duas primeiras decorreram em Portugal (Lisboa e Porto) e só no ano passado chegou a Paris.

Esta migração do concurso para terras francesas deveu-se à grande comunidade de falantes de língua portuguesa e pela existência de uma série de instituições e associações ligadas ao ensino da língua portuguesa no territário francês. Assim, O concurso destina-se aos alunos do ensino secundário, público ou privado, da região Île-de-France, com idades compreendidas entre os 15 e 18 anos.

Em entrevista com Filipa Medeiros, coordenadora da biblioteca da Fundação C. Gulbenkian en Paris, pudemos ter mais detalhes sobre os objectivos e organização do concurso. Assim, “Dá Voz à Letra” tem como objectivo principal a promoção da leitura em voz alta e desenvolver as capacidades, tal como a dicção, a colocação da voz e as possibilidades interpretativas, que uma leitura silenciosa não permite. Também procura pôr os alunos pré-universitários a ler em língua portuguesa, isto é, não apenas autores portugueses mas sim uma diversidade de autores lusófonos.

Isto leva ao segundo objectivo do concurso que é  de promover toda a literatura lusófona em França, bem como as respectivas traduções. Desta forma, durante a semi-final os participantes podem ler em francês uma vez que permite uma maior assimilação do texto se este estiver traduzido para a língua materna dos semi-finalistas. Tal como Filipa Medeiros refere, esta possibilidade ler em francês  deve-se aos diferentes níveis de domínio do português dos participantes.

O terceiro e último objectivo deste concurso é de dar a conhecer o fundo bibliográfico da biblioteca da Fundação C. Gulbenkian em Paris, que é a maior biblioteca de língua portuguesa na Europa, fora de Portugal.

O concurso é estruturado em 3 etapas fundamentais: em primeiro é necessário enviar um vídeo de 3 minutos (máx.) com a leitura de um texto literário ou não, à escolha dos candidatos, em seguida são seleccionados 20 finalistas para a semi-final onde são lidos textos literários tanto de autores clássicos como de autores da nova geração. Desta segunda etapa apenas 10 seguem para a fase final em que, em grupo e individualmente apresentam um conjunto de textos (construção cénica de Graça dos Santos, de Parfums de Lisbonne).

Pala seleccionar os 3 vencedores do concurso no dia 3 de Fevereiro, contou-se com a participação de um juri constituido por Catarina Furtado, Bruno Belthoise e João Pinharanda. João Pinharanda, das artes plásticas, e Bruno Belthoise, do mundo musical, sublinharam o gosto que tiveram em participar de um juri pouco habitual para ambos, enquanto que para Catarina Furtado, o trabalho junto dos mais jovens, já se tornou rotina.

Assim, após reunião do juri, veio a colocação dos prémios. E em terceiro lugar, foi Lauryne Moura que levou para casa o primeiro Ipad com 6 e-books. Lauryne conquistou o olhar dos juris pela forma luminosa e sorridente como ofereceu o texto. Foi bastante clara e simples.

Foi Samuel Ferreira, que estava muito feliz pelo trabalho feito em equipa com todos os participantes,  que levou o segundo Ipad com 6-books, ocupando assim o segundo lugar. Este prémio deveu-se à seriedade transmitida na sua declamação e a forma como, aos 15 anos, foi capaz de levar, com seriedade e respeito, o trabalho de exercício da leitura.

A grande vencerdora da 4ª edição do concurso foi Clarisse Bernardino, que se destacou pela sua seriedade e maturidade, tal como pela sua voz e dicção.
Muito surpreendida, recebeu o prémio do primeiro lugar: uma viagem de 4 dias a Lisboa para o vencedor e um acompanhante.

Esta iniciativa irá repetir-se no final do ano. Se cumpres os critérios, se gostas de ler e se queres passar um bom momento com jovens da tua idade, tenta a tua sorte na próxima edição! 

Florence Oliveira
CAPMag 275