“O Canto da Moreia” ou as vidas de Eugénio